Como anunciar no Google?

Aparecer nas primeiras posições da pesquisa no Google é cada vez mais difícil. Por isso, é preciso uma estratégia consistente, como a geração de campanhas com anúncios pagos. Você já ouviu falar do Google Ads (Google Adwords)? É por meio dessa plataforma que nós criamos essas ações e é sobre ela que nós vamos falar hoje. Entenda como anunciar no Google.

Conheça o Google Ads

Se você quer anunciar um produto, serviço, negócio, aplicativo ou e-commerce, direcionado para o público-alvo que procura por aquilo que você oferece, então essa plataforma é ideal para você.

O Ads é uma ferramenta que proporciona visibilidade, fazendo com que vendedores e potenciais compradores se encontrem em seus interesses.

Os anúncios do Google Ads podem ser veiculados tanto em buscas no Google, como em sites parceiros da plataforma. É possível filtrar por locais, interesses, horários e públicos, por exemplo. Assim, quando um potencial comprador busca por um determinado produto, a plataforma direciona aos anúncios, que normalmente aparecem logo nas primeiras respostas da pesquisa. Além disso, um anunciante pode optar por colocar seu produto no Youtube, por exemplo, em vídeos monetizados.

O Google Ads apresenta algumas vantagens como, conhecimento de público alvo e também controle de vendas e buscas. Sendo assim, possibilita ao vendedor saber se os anúncios estão funcionando e gerando conversões. Além disso, não só vendedores de lojas virtuais podem anunciar no Google Ads. Donos de lojas físicas também podem produzir resultados na plataforma.

Quanto custa anunciar no Google?

As campanhas no Google Ads funcionam como um leilão. Ou seja, não há um valor fixo, ele pode ser adaptado de acordo com a realidade e disponibilidade do anunciante. É possível começar com um valor, por exemplo, de 5 reais por dia. O investidor é quem controla quanto quer gastar em seu(s) anúncio(s).

Mas saiba: esses valores impactam diretamente na sua campanha e há formas de simular qual seria o investimento ideal para cada tipo de caso. Por isso, é preciso conhecer bem a plataforma e contar com a ajuda de quem sabe o que está fazendo. Caso contrário, o anunciante poderá perder dinheiro mais do que conquistar objetivos.

Assim, os valores investidos sempre serão proporcionais aos resultados alcançados. Ou seja, é possível, sim, começar investindo pouco, mas o anúncio não concorrerá com um produto impulsionado por valores mais altos.

E detalhe: o preço não é o único fator determinante. Então, veja abaixo outros pontos importantes que você precisa saber para anunciar no Google.

O que devo observar antes de anunciar no Google?

Anunciar no Ads envolve diversos fatores. Então, confira a lista abaixo:

Escolha palavras-chave qualificadas

A plataforma do Google Ads funciona também por palavras-chave, onde o anunciante é capaz de filtrar seu produto a partir de algumas palavras que levem o potencial comprador a encontra-lo (palavras-chave qualificadas). Mas, apesar de parecer simples, é preciso muita pesquisa e cuidado para definir quais palavras escolher. Se não realizado de maneira assertiva, o investidor perderá dinheiro nesse investimento.

Índice de qualidade dos anúncios

O Google Ads ainda conta com um índice para controlar a qualidade dos anúncios publicados na plataforma. Funciona como um termômetro onde o Google controla se determinado anúncio é relevante ou não. Isso acontece porque, mesmo que o anunciante invista dinheiro na plataforma, a prioridade sempre será o usuário.

Desse modo, o Google mede o índice de qualidade pelos acessos, palavras-chave, cliques, entre outros. Se um anúncio não for muito eficaz para que o usuário conclua seu interesse, seu desempenho será prejudicado.

Segmentar bem a campanha

Anuncie somente para o seu público em potencial. Por isso, escolha o raio de abrangência correto, interesses, idade (se for o caso), horários que os anúncios serão veiculados.

Construa grupos de anúncios e teste mais de uma opção

Criar uma campanha com todas as palavras-chave do seu negócio reunidas não é a solução mais viável. Fazendo isso, você corre o risco de prejudicar o desempenho da campanha como um todo. Isso porque acontecerá de você mostrar uma oferta para um cliente que procura por outra coisa. Assim, a melhor solução é criar grupos de anúncios.

Instale métricas de conversão

Quase toda campanha tem um objetivo, que a gente pode chamar de conversão. Pode ser, por exemplo, uma venda, preenchimento, captura, cadastro, clique em algum CTA, dentre outros. Esse registro é importante, pois indicará se a campanha atinge seus objetivos.

Mensure e analise com frequência

Nada funciona sem análise. Quem acha que após a criação da campanha o trabalho finalizou, engana-se. Então, mensure resultados constantemente para priorizar novas otimizações e desempenho.

Anunciar no Google: Faça do jeito certo

Depois desse resumo, você deve ter percebido que é necessário o anunciante ter um conhecimento amplo do assunto. Não basta apenas investir valores altos em dinheiro, é preciso sempre estar atento aos resultados, em como investir e para quem anunciar. Assim, é possível que um anunciante que investiu menos dinheiro na plataforma tenha mais resultados, se estruturar muito bem seu anúncio, do que aquele que investiu mais dinheiro e não se planejou previamente.

Então, se você quer anunciar e ainda não sabe como, vem conversar com a gente.

consultoria de marketing

Veja também

Carnaval e Marketing combinam?

Marketing na área da saúde: um segmento em expansão.

Tendências 2020 para o marketing.

Tags:

Deixe uma resposta